Desemprego volta a bater recorde

Publicado em 31/08/2016 às 10h23

 

Índice atingiu 11,6% no período de maio a julho deste ano, a pior taxa desde 2012. São quase 12 milhões de pessoas desempregadas no país.

O desemprego bateu novo recorde e é maior taxa dos últimos 4 anos no trimestre que foi encerrado em julho. O desemprego começou a subir com força ainda no ano passado, no trimestre de fevereiro a abril, e atingiu agora, no período de maio a julho deste ano, 11,6%. Já é a pior taxa desde 2012.

Traduzindo esse percentual, são quase 12 milhões de pessoas desempregadas. Teve demissão, mas também aumentou em quase 4% o número de pessoas procurando emprego. Uma parte da explicação para isso é a seguinte: o número de trabalhadores autônomos, aqueles que tinham sido demitidos e passaram a trabalhar por conta própria, encolheu em 342 mil.

Chegamos assim à menor taxa de autônomos desde 2014. São esses os trabalhadores que voltaram para a fila do emprego, aumentando essa taxa.

FONTE: g1.globo.com

 

Enviar comentário

voltar para Notícias

|||bnull||image-wrap|login news c05|c05|c05|login news c05|c05|c05|content-inner||