O vice-presidente do Facebook para o Brasil e América Latina está detido em São Paulo

Publicado em 01/03/2016 às 14h28

 

Nesta terça-feira (1º), o vice-presidente do Facebook para o Brasil e América Latina foi preso pela Polícia Federal de São Paulo. O argentino Diego Jorge Dzodan foi preso quando estava a caminho do trabalho, no bairro do Itaim Bibi, Zona Sul da cidade. A Polícia Federal atendeu a uma determinação de um juiz da cidade de Lagarto, que ficam em Sergipe.

De acordo com o juiz, a Justiça estadual de Sergipe está fazendo uma investigação sobre tráfico de drogas e o juiz determinou ao Facebook que desse os nomes e informações dos usuários de uma determinada página, que segundo o juiz, era usada pelos criminosos para acertar detalhes dos crimes.

O Facebook não concedeu as informações e o juiz determinou uma multa diária de R$ 1 milhão há 30 dias. No início da tarde desta terça-feira (1º), Diego foi levado para o Centro de Detenção Provisória após prestar depoimento.

Em nota, o Facebook disse estar desapontado com a medida extrema e desproporcional de ter um executivo da empresa escoltado até uma delegacia devido a um problema envolvendo o WhatsApp. O Facebbok é responsável pelo WhatsApp, mas segundo a empresa, o funcionário preso não responde pelo WhatsApp no Brasil.

Com informações do G1

Enviar comentário

voltar para Notícias

|||bnull||image-wrap|login news c05|c05|c05|login news c05|c05|c05|content-inner||