Policiais Civis fazem paralisação de 48 horas na Bahia, anuncia sindicato

Publicado em 10/03/2016 às 13h03
Policiais civis da Bahia fazem uma paralisação de 48 horas a partir desta quinta-feira (10), segundo informações do sindicato que representa da categoria (Sindpoc). De acordo com a entidade, o movimento abrange em torno de cinco mil servidores no estado, de um total de 7.500 servidores.
Ainda conforme a entidade, a paralisação afeta o andamento das investigações criminais e o registro de ocorrências, mas ficam garantidos os trabalhos de levantamento cadavérico, auto de prisão em flagrante e atendimento a idosos e crianças.

Nesta manhã desta quinta-feira (10), o presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Estado da Bahia, Marcos Maurício, afirmou que a mobilização levanta a bandeira de cinco itens reivindicados pela categoria: reestrutuação salarial com patamar de nível superior da Polícia Civil aliada ao enquadramento da investigação criminal para coibir o desvio de atividades; nomeação de concursados de 2013/2014 e remanescentes de 1997 (pessoas que entraram na Justiça à época para exigir nomeação); decreto de promoções; reconhecimento do laudo de papiloscopia do perito técnico no curso do inquérito policial; instalação de um grupo de estudo para discussão de um projeto de lei que regulamente a atividade de investigação criminal.

Com informações do G1

Enviar comentário

voltar para Notícias

|||bnull||image-wrap|login news c05|c05|c05|login news c05|c05|c05|content-inner||