Rajadas de ventos e raios assustam cidades do sertão e causam prejuízos

Publicado em 05/01/2016 às 20h24

 

Uma onda gigantesca, logo denominada de “tempestade de terra”, em alusão às “Tempestades de Areia” que ocorrem nos desertos, invadiu o Sertão na tarde deste domingo (3), passando pelos municípios de São Gabriel, Irecê, João Dourado, Jussara, Central e Presidente Dutra. O fenômeno ainda não contou com nenhuma manifestação técnica dos institutos meteorológicos, sejam estaduais ou nacional.

Em todos os lugares, tinha-se a sensação de que a origem do “vendaval” era logo próximo e que dissipar-se-ia logo em seguida. Mas pelos registros nas redes sociais, percebe-se que a “tempestade de terra” ocorreu de forma fragmentada em diversos locais do Sertão da Bahia.

Registros apontam que em toda a região nordeste e central do estado ocorreram precipitações de chuvas e em alguns locais precedidas de “fenômenos anormais”, como granizos, rajadas de ventos muito fortes e raios em frequência ainda não vista pelos mais jovens, a partir da divisa dos estados de Sergipe com a Bahia.

Às 16h45, hora de Brasília, o radar meteorológico operado pelo Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) detectou refletividade extrema na região citada, com deslocamento da tempestade rumo ao município de Cipó, também com cenário sugestivo para granizo ou vento forte.

Outras áreas de temporal também foram observadas nas regiões de Araci, Ipirá, Nova Soure, Pé de Serra e Valente. O deslocamento preferencial das células de temporal também passou com severidade nas regiões de Alagoinhas, Feira de Santana, Olindina, Riachão do Jacuípe, Serra Preta e Serrinha.

As chuvas chegaram ainda nas cidades de Ourolândia e Capim Grosso, onde causaram alguns prejuízos materiais com os fortes ventos.  Em Mundo Novo, quinze animais foram mortos com descarga elétrica advinda de raios. Em João Dourado placas de publicidade foram lançadas ao chão, assim como um palco em Capim Grosso.

Em Irecê, durante a maior parte da noite desta segunda-feira, foi de chuvas tranquilas, com trovoadas e relâmpagos normais.

Não se tem disponibilizados aos meios de comunicação, até o momento, os índices de precipitações pluviométricas na região de Irecê.

 

Com informações do www.culturaerealidade.com.br

Imagens e vídeo do grupo https://www.facebook.com/groups/703142553111197/?fref=ts

Enviar comentário

voltar para Notícias

|||bnull||image-wrap|login news c05|c05|c05|login news c05|c05|c05|content-inner||