Tucano-BA: Crianças estudam em escola improvisada na varanda de residência

Publicado em 27/05/2016 às 19h48

 

A educação em Tucano tá longe de ser exemplo, pelo menos no quesito infraestrutura das escolas. Basta uma rápida visita nas unidades de ensino da rede municipal para se ter uma ideia da dimensão do descaso. Os problemas podem ser encontrados tanto na sede quanto na zona rural do município de Tucano. Mas alguns casos chamam ainda mais a atenção pela falta de respeito às crianças e tem provocado a revolta de muitos pais.

Nesta quarta-feira (25) um grupo de pais de alunos, indignados com a situação da Escola Municipal Benjamin Constant, localizado no povoado de Olhos D´água, enviou essas fotos para o ?#‎prontofalei?, com objetivo de denunciar o descaso com a educação de Tucano.
 
As fotos mostram as crianças em uma sala de aula improvisada, na varanda de uma residência no campo. O local não oferece qualquer estrutura aos estudantes, que precisam revezar no espaço, em virtude do grande número de alunos e o pouco espaço oferecido.
 
Os pais contam que dependendo da posição do sol, seja pela manhã ou pela tarde, os alunos precisam ser deslocados várias vezes do lugar. Até mesmo um varal, com roupas estendidas, divide espaço com os alunos na varanda. Ao todo, estudam nesta escola improvisada cerca de 250 crianças.
 
Como o local é pequeno, sem condição de atender a todos, outra parte dos alunos tem aula em um açougue desativado. Esses dois locais substituem a escola do povoado de Olhos D´água.
 
Apesar da péssima estrutura das escolas de Tucano, o prefeito Igor Nunes (PT) prestou informações ao Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), em 2014, alegando ter investido na educação o valor de R$ 21.501.397,03. Ele teve as contas rejeitadas pelo TCM.
 
As contas referentes ao exercício financeiro de 2015 de Tucano ainda não foram julgadas pelo TCM.

Fonte: Bode Assado

Enviar comentário

voltar para Notícias

|||bnull||image-wrap|login news c05|c05|c05|login news c05|c05|c05|content-inner||